sábado, 23 de outubro de 2010

zéfiní

acabou o samba.
acabou a carne, a cerveja, a água pra botar no feijão.
acabou a farofa, o molho, o repolho.
acabou a salada e a sobremesa.
acabou a tarde.
acabou o sol, o céu azul e o passarinho cantando.
acabou o vento, a nuvem, a ferrugem.
acabou a graça e a praça.
acabou.

Um comentário:

anitadutra disse...

Oxalá a gente entenda e aceite...
Bonito.